Arte     


Joia Rara     

Designer eterniza primeira grafia de criança transformando em uma joia customizada

Por Melissa Fernandes

Atuante no mercado de jóias desde 2010  e publicitária de  formação, Lica  transformou em profissão sua grande paixão por joias

Atuante no mercado de jóias desde 2010 e publicitária de
formação, Lica transformou em profissão sua grande paixão por joias

Não vejo a hora do Bernardo crescer para eu ter a minha!:) Fiquei literalmente encantada com a escrita original.
Já imaginou eternizar as primeiras palavras escritas pelo seu filho? A designer de joias Lica Vincenzi imaginou e fez. Com menos de três anos de mercado, Lica tem um grande reconhecimento pelo seu trabalho, e, dentre suas linhas, a “A Escrita Original do Seu Filho” é uma das mais pedidas pelos clientes.
Inspirada no seu amor pelos pequenos e no encantamento pelos seus desenvolvimentos e rabiscos, Lica resolveu criar a linha com o intuito de transformar a letra original de cada criança em joia, como forma de eternizar a primeira grafia de cada um deles.
Para desenvolver a peça, Lica só precisa da palavra esco-lhida escrita pela criança, em papel. Em cima dessa matéria-prima, a designer desenvolve as joias, em sua maioria colares. O sucesso da linha é tão grande que celebridades, como a apresentadora Astrid Fontenelle, já circulam por aí com uma peça da linha, escrita pelo seu filho Gabriel. E Sabrina Sato deu de presente a irmã com o nome do sobrinho Felipe.
As jóias de Lica Vincenzi são feitas à mão, uma a uma, e podem ser confeccionadas em prata com banho de ouro ou em ouro 18k, levando em média 30 dias para serem desenvolvidas.
Tem presente mais bacana, original e eterno?

Sobre Lica Vincenzi:

A designer possui a marca Lica Vincenzi, que produz joias exclusivas e também oferece um trabalho que vai de acordo com o desejo de cada cliente, utilizando materiais nobres e selecionados, além da linha Liquinha, exclusiva para bebês e crianças. Para oferecer um trabalho de altíssima qualidade, Lica é formada como designer de joias e coleciona cursos de design e gemologia, também é associada da AJESP – Associação dos Joalheiros do Estado de São Paulo.

Lica Vincenzi
Contato: www.licavicenzi.com.br
E-mail: lica@licavincenzi.com.br
Tel.: (11) 99514-7575

 

Leia Mais

UMA EXPERIÊNCIA DIFERENTE     

Exposição do artista holandês Escher chega ao Brasil em outubro

Uma das exposições mais visitadas do mundo estará no Shopping JK Iguatemi

Uma das exposições mais visitadas do mundo estará no Shopping JK Iguatemi

As extraordinárias manipulações de espaço, tempo e perspectiva, reordenadas segundo a lógica genial do artista holandês Maurits Cornelis Escher viraram mostras de sucesso mundial: “A Magia de Escher” e “O Mundo Mágico de Escher”. Agora, chegam ao Brasil em outubro, no Shopping JK Iguatemi, em São Paulo. Com o nome de “Experiência Escher”, a exposição traz a Sala de Relatividade e a Parede Ilusionista. Também as gravuras inusitadas, nas quais Escher criou quebra-cabeças visuais que exploram mundos impossíveis, imagens arquitetônicas refinadas e padrões geométricos fascinantes, que o fizeram ganhar fala internacional e tornaram a “experiência” do artista na exposição mais visitada do mundo em 2011, segundo a publicação inglesa The Art Newspaper.
Com o intuito de proporcionar novas experiências e formas de lazer aos clientes, o JK Iguatemi apostas em exposições de obras de artistas renomados, e já tem muitas que fazem parte do acervo permanente do shopping e podem ser apreciadas diariamente por quem passa por lá. A exposição “Experiência Escher” vai de 25 de outubro a 23 de novembro.

 

Experiência Escher
Horário: 12h às 20h – Local : Espaço JK (3º piso)
Gratuito

 

 

Leia Mais

SALVE AS BOAS ENERGIAS     

SALVE AS BOAS ENERGIAS

Do Feng Shui às obras de arte, as boas energias são uma ótima saída para o stress do dia-a-dia

Obras de arte são como portais que nos ajudam a encontrar boas vibrações através da estética visual e da sensação que cada uma reflete para quem a observa

Obras de arte são como portais que nos ajudam a encontrar boas vibrações através da estética visual e da sensação que cada uma reflete para quem a observa

 

O Feng Shui é uma arte milenar chinesa, em que se acredita que cada ambiente possui uma energia vital própria. E exatamente por isso cada lugar da casa deve ser decorado com objetos que harmonizem e pacifiquem o ambiente, deixando-os mais preparados e abertos a receber energias positivas e afastar energias negativas.
Dentro deste contexto, as obras de artes possuem um papel muito importante, já que não são consideradas apenas um objeto de consumo, e sim vistas como portais que podem nos levar a outros lugares, a outros mundos, a outros tempos e dessa forma nos conectar ao divino e ao nosso eu interior. E assim nos fazer lembrar da verdadeira beleza que transcende a estética visual. Tanto é que ao pensarmos em uma obra de arte, acredita-se que o artista depositou muita energia positiva para criar aquela obra e consequentemente, esta mesma energia será ancorada de forma benéfica em qualquer ambiente onde ela for colocada, podendo trazer desde a sensação de paz interior até mesmo poderes de cura.
A sabedoria oriental costuma comparar a energia boa gerada por uma obra de arte a pequenas sementes, que apesar de serem minúsculas possuem o potencial de se transformarem nas maiores árvores que conhecemos, produzindo os mais belos frutos e flores, e consequentemente melhoras significativas em nossos ambientes. Já existem lojas que seguem esse pensamento, como a ArtDelivery, por exemplo. É uma loja virtual onde se encontra artes digitais, com molduras, inspiradas em diversos segmentos artísticos, para harmonizar a decoração de uma casa e transformar os espaços em ambientes mais vivos, atraindo assim boas energias. Vale a pena conhecer, já que não há nada melhor para sair do stress do dia-a-dia do que a própria casa.

 

ArtDelivery
www.artdelivery.com.br
Facebook: artdelivery

Leia Mais

A INUSITADA COLEÇÃO DE SYLVIO PERLSTEIN     

Exposição no MASP traz obras de alguns dos mais importantes nomes das artes plásticas do século XX 

Sylvio Perlstein possui obras emblemáticas de nomes comoRoy Lichtenstein

Sylvio Perlstein possui obras emblemáticas de nomes como Roy Lichtenstein

Dono de uma visão muito particular sobre a arte, mas ao mesmo tempo um visionário das artes plásticas, Sylvio Perlstein se tornou um dos mais importantes artistas  ao conseguir traduzir seu olhar criativo em arte que não seguia moda ou tendência artística estabelecida. Brasileiro, mas de origem belga, ele colecionou durante 50 anos o que lhe parecia inusitado e assim reuniu raridades de grande importância no percurso da arte do século 20. Sua coleção, que conta com obras de nomes como  Henri Cartier-Bresson, Man Ray e Picasso, Salvador Dali e Vik Muniz, resultou por traduzir o melhor de cada vanguarda desse período. É o que traz a exposição “A Inusitada Coleção de Sylvio Perlstein”, no MASP. Cerca de mil trabalhos compõem sua coleção, que será apresentada na mostra como uma espécie de “passeio livre do olhar”.

Nas palavras do próprio Perlstein: “Eu não sei o que é arte. Eu não sei o que é ‘bom’ ou não. Eu passeio. Eu flano. Eu não quero nada em particular. Eu não sei exatamente o que eu fiz. Eu não sei exatamente como tudo começou. Há coisas que me intrigam e me perturbam. Para que algo se ative, é preciso que seja enigmático. E difícil, também. Senão não é interessante. Não é excitante”. A mostra vai até 10 de agosto, no primeiro andar do MASP, em São Paulo. 

Leia Mais

OBSESSÃO INFINITA     

OBSESSÃO INFINITA

Exposição no Instituto Tomie Othake celebra Yayoi Kusama, a mais célebre artista viva japonesa

 

A exposição Obsessão Infinita traça a  trajetória da artista japonesa Yayoi Kusama

A exposição Obsessão Infinita traça a
trajetória da artista japonesa Yayoi Kusama

Em cartaz no Instituto Tomie Ohtake, em São Paulo, a exposição Obsessão Infinita traça a trajetória da artista japonesa Yayoi Kusama. Do privado ao público, da pintura à performance, do ateliê às ruas, a mostra é a primeira apresentada no Brasil, com uma pesquisa profunda do trabalho de uma das artistas mais originais e inventivas do pós-guerra. Produzida, em sua edição brasileira e latino-america, pelo Instituto Tomie Ohtake, em colaboração com o estúdio da artista, a exposição tem curadoria de Philip Larratt-Smith e do Frances Morris. Oferece um panorama do trabalho de Kusama, a mais célebre artista viva japonesa, através de cerca de 100 obras que cobrem o período de 1949 a 2012, com pinturas, trabalhos em papel, esculturas, vídeos, slides e instalações, entre elas a famosa “Dots Obsession”. Na capital paulistana, a exposição, que já passou pelo Rio e Brasília, conta com mais duas obras: “Sem título”, 1962-1963 e “Desire for Death” [Desejo de morte], 1975-1976, ambas esculturas das séries “Accumulations”. A mostra fica em cartaz até 27 de julho.

Obsessão Infinita, de Yayoi Kusama
Visitação do público: de 22 de maio a 27 de julho de 2014.
Instituto Tomie Ohtake
Av. Faria Lima, 201 (Entrada pela Rua Coropés, 88) – Pinheiros SP
Fone: 11.2245-1900

 

Leia Mais

A ARTE invadiu São Paulo     

A ARTE invadiu São Paulo

Na edição SP-Arte 2014 obras de talentosos artistas da Galeria Lume estiveram presentes no  Pavilhão do Ibirapuera

Obra de Florian Raiss

Obra de Florian Raiss

Abril começou com muita arte em São Paulo. E entre os destaques dessa edição da SP-Arte 2014, que aconteceu no Pavilhão do Ibirapuera, são os artistas da Galeria Lume que exploraram obras com temáticas em torno do homem, o corpo e seus conflitos e dualidades. São eles: Kilian Glasner, Florian Raiss e José Guedes. “Corpos em transformação, que ficam gravados como frações da
existência contemporânea.”, resume Paulo Kassab Jr., diretor cultural da galeria, que participa do evento desde 2012, com artistas brasileiros e internacionais.
Falando das obras, o recifense Kilian Glasner mostrou “Anatomia do Fogo”, uma pintura realista, em pastel e carvão, com perspectivas quase fotográficas. Florian Raiss aparece com uma nova série de esculturas, entre elas, um Quadrúpede colorido e outro de bronze de grandes dimensões (170x100x70 cm). Já José Guedes, artista cearense, trouxe suas fotografias que remetem ao universo de cores e magia chamada “Piscinas”, em que as formas padrão abrem espaço para uma nova forma de ver o objeto.
Com várias exposições renomadas no portfólio, a Lume tem sempre uma intensa agenda como no ano passado quando realizou mostras de artistas internacionais como Terry O´Neil e Laurent Chéhère, os brasileiros Rodrigo Kassab, Gabriel Wickbold e Lúcio Carvalho, além da muito bem-sucedida “Órbitas”, de Florian Raiss e Paulo Von Poser. Para quem aprecia arte, é um prato cheio.

 

Galeria LUME
www.galerialume.com  

 

Leia Mais