Mês de design na cidade…     


Mês de design na cidade…

Design é a palavra do momento, em que que todos estão apegados no consumo e no desenvolvimento. Mas qual é a tendência?
Essa é uma pergunta que ouvimos em cada canto do planeta e que refletimos a respeito, mas cada um tem sua opinião. Um tema  polêmico e gostoso, que dá para resumimos em sentimento e emoções próprias.

Por Glen Finch

Aproveitando a semana de design na cidade, a Design Week , que reunirá tendências e design, é hora de garimpar coisas com a sua cara, que complete seu ninho de maneira personalizada para mais tarde dividir com quem ama.

Aproveitando a semana de design na cidade, a Design Week , que reunirá tendências e design, é hora de garimpar coisas com a sua cara, que complete seu ninho de maneira personalizada para mais tarde dividir com quem ama.

Afinal quando o assunto é decoração, é muito mais que colocar uma mesa, uma cadeira, um sofá ou um vaso bonito em algum lugar. Falamos de um ambiente que vamos habitar, residencial ou comercial, e que transmite algo a nós. Reunindo essa experiência ao design , pode-se dizer que não se faz um espaço personalizado sem a reunião das coleções de nossa vida, que contam um pouco de cada um de nós. Nossos maiores segredos: os detalhes!

Cada espaço tem seu referencial em extensão e tempo, pois é do ser humano. Angariar, restaurar, preservar, revitalizar, respeitar as referências da vida, história, sentimentos.

Fácil ver a diferença entre uma casa que segue as tendências e outra que contém emoções. São totalmente antagônicas. É visível que uma torna-se seu ninho, como um passarinho que o faz, graveto a graveto, e a outra, mais parece um mostruário de loja. A vitrine é sonho, mas o ninho é total sentimento. E vida.
Aproveitando a semana de design na cidade, a Design Week , que reunirá tendências e design, é hora de garimpar coisas com a sua cara, que complete seu ninho de maneira personalizada para mais tarde dividir com quem ama. E mostrar a casa como um referencial de amor e carinho, que se constrói ao longo de uma vida inteira, geração atrás de geração. Por isso convido a todos para aproveitar, em todos os detalhes, seu Open deste mês.